Comentários

(19)
Natalia Chagas, Estudante
Natalia Chagas
Comentário · há 2 anos
Natalia Chagas, Estudante
Natalia Chagas
Comentário · há 2 anos
Excelente artigo! Trata-se não apenas da legalização, mas também de mais arrecadação. Não sou usuária, mas se tratando de descriminalizar o uso de entorpecentes sou totalmente favorável, haja vista que deveria haver uma fiscalização. É um tema polêmico? É! Mas não podemos fingir que não vemos, que não sabemos de nada, inclusive isso não impede o acesso pelo menor, na minha opinião a proibição incita mais ainda o desejo, a curiosidade, a paixão pelo "proibido", tal como qualquer outra prática em que não haja uma educação, uma construção principalmente pelo próprio seio familiar. Como se já não soubéssemos, tudo em excesso é prejudicial à saúde, inclusive o cigarro e o álcool que são comercializados livremente. Discutir políticas em relação a esse tema é preciso e urgente. O que ocorre muito, pelo que eu percebo é o seguinte: "Eu acho errado pra mim então tenho o direito de te condenar pela sua escolha de usar." Não é com achismos que se constroem medidas e sim com fatos, e se tratando da liberdade, o indivíduo tem o direito desde que não interfira no direito alheio. O tráfico de drogas é uma potência e sabemos disso, porém não existem métodos seguros de se negociar, o usuário simplesmente se submete às leis e regras deste submundo enquanto o Estado se recusa a elaborar ações emergenciais a respeito deste caso. "Ah, usa porque quer". É claro! E ainda bem que é uma escolha pessoal. Descriminalizar não quer dizer que vá solucionar todos os problemas, mas antes um produto legalizado do que um produto manchado pelo sangue que esse mercado obscuro faz rolar.
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Natalia

Carregando

Natalia Chagas

Entrar em contato